Portos e Terminais

Empresas nacionais e estrangeira apresentam ao governo intenção de disputar o STS10

maio, 10, 2022 Postado porGabriel Malheiros

Semana202220

Um grupo de empresas, com companhias nacionais e uma estrangeira, comunicou a integrantes do Ministério da Infraestrutura, na semana passada, que vai entrar na disputa pelo STS10, o novo terminal de contêineres no porto de Santos (SP), cuja licitação está em audiência pública até o fim deste mês.

O grupo é formado pela Lopex, Eurogate, maior operador portuário de contêiner da Europa, e pelo BTG Pactual, banco que já opera na área de investimentos em infraestrutura. Lopex, Eurogate e BTG Pactual já são sócios na Contrail, empresa de operação de logística com atuação no Brasil. Mas não operam terminais portuários.

Dirigentes e sócios das empresas circularam em Brasília apresentando o plano para integrantes da pasta. Informaram que, para a disputa, o BTG Pactual deverá entrar com um novo fundo de infraestrutura que o banco acabou de levantar.

A Lopex pertence ao empresário Guilherme Quintella. A Eurogate informa em sua página que movimentou nas 12 instalações que controla ou tem sociedade pelo mundo 11 milhões de TEUs de contêineres no ano de 2020.

Entre os terminais que ela controla diretamente estão os de Bremen e Hamburgo, na Alemanha. A empresa tem terminais em que é sócia de três grandes armadores mundiais de contêineres, a MSC, a Maersk e a Hapag-Lloyd.

Maior terminal

O STS10 está projetado para ser o maior terminal de contêineres de Santos, com capacidade para movimentar pouco mais de 2 milhões de TEUs ao ano, aumentando em quase 50% a capacidade atual do porto.

A área é contígua ao terminal BTP (Brasil Terminal Portuário), que é uma sociedade entre empresas controladas pela MSC e pela Maersk (TiL e APM Terminals, respectivamente) e por isso é chamado de verticalizado.

Veja abaixo os números de importação e exportação registrados ao longo de 2021 no Porto de Santos. Os dados são do DataLiner.

Carga em contêneres via Porto de Santos | jan 2021 – mar 2022 | TEUS

Fonte: DataLiner (clique aqui para solicitar uma demonstração) 

Santos tem outros dois grandes terminais de contêineres, o Santos Brasil e o DPWorld, que não têm armadores em seu grupo de controle e por isso são chamados de bandeira branca.

Fonte: Agência Infra

Para ler o artigo original completo, acesse:

https://www.agenciainfra.com/blog/empresas-nacionais-e-estrangeira-apresentam-ao-governo-intencao-de-disputar-o-sts10-em-santos/

Sharing is caring!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.