Soybean harvest
Grãos

Agricultores de soja argentinos retêm acordos aguardando o fim da guerra comercial

mar, 27, 2019 Postado pordatamarnews

Semana201914

Os produtores de soja da Argentina estão atrasando os contratos futuros nesta temporada, à espera de mais certeza sobre os preços. No início de março, o país tinha vendido apenas 16,2% das safras esperadas da temporada, em comparação com 30,5% no mesmo período do ano passado. Os produtores de soja da Argentina estão esperando uma boa safra neste ano, no entanto, a disputa comercial entre Washington e Pequim causou um excesso de soja, reduzindo os preços no mercado, que são ditados principalmente pela Bolsa de Chicago. Os contratos futuros da Benchmark Chicago Board of Trade de soja estão pairando próximos a US$ 9 por alqueire, apenas cerca de 90 centavos acima do valor mais baixo em uma década, postada em setembro, de acordo com a Reuters.

O DatamarNews informou que depois que Washington e Pequim decidiram convocar uma trégua em 1º de dezembro, os dois países estão fazendo o possível para discutir acordos para acabar com a disputa comercial. Os produtores de soja na Argentina acreditam que o resultado das novas negociações entre os dois países melhorará os preços. A Argentina é o terceiro maior produtor mundial de soja e o maior exportador de ração de soja e farelo de soja.

Os maiores compradores do “ABCD”, Archer Daniels Midland, Bunge, Cargill e Louis Dreyfus, que dominam o comércio mundial de grãos, também estão em meio à incerteza devido a atrasos nos negócios, já que os produtores esperam preços mais altos.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *