Portos e Terminais

Movimentação de contêineres no Porto de Itajaí cresce 225% em três anos e meio

nov, 19, 2020 Postado porSylvia Schandert

Semana202048

A movimentação registrada no Porto de Itajaí (berços públicos e APM Terminals) nesse mês de outubro alcançou índices históricos. Desde de 2013 o porto não movimentava um número tão expressivo de TEU, passando de 39.103 TEU em outubro de 2019 para 52.185 em 2020, um aumento de 33%. A movimentação de tonelagem também alcançou índices positivos. No mesmo período do ano anterior foram movimentadas 433.475 toneladas contra 565.311 toneladas em 2020, um crescimento de 30%.

“Comparando a movimentação mês que tínhamos em 2016, que era de 16 mil TEU e foi a nossa pior movimentação, com os dados de outubro temos um crescimento de 225%, nenhum porto brasileiro cresceu tanto” destaca o superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles. Nas escalas, outubro também registrou seu melhor mês deste ano, com 39 navios atracados.

Em 2020, mesmo com a pandemia do Covid-19, a questão cambial e sem registros de operações Roll-On/Roll-Off, o Porto de Itajaí demonstrou avanços significativos e números históricos. “Apesar dessas condições adversas, o Porto de Itajaí tem tido um ano muito positivo, e esperamos nos próximos meses manter esse crescimento encerrando 2020 com essa média de 14% a 15% de crescimento”, ressalta Heder Cassiano Moritz, Diretor Geral de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí. Ele reforça que a movimentação apresentada nesse ano tem superado os números esperados a três anos atrás, quando obras, como a nova Bacia de Evolução, precisavam ainda ser concluídas.

Índice histórico para o Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes

Em outubro o Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes registrou a movimentação de 129.311 TEU e 1.431.200 toneladas. Desde 2013 o Complexo não registrava uma movimentação tão positiva. Foi um salto de 17% na movimentação de TEU e 15% na tonelagem, no comparativo ao mesmo período do ano passado, em que foram movimentados 110.072 TEU e 1.245.222 toneladas.

“Os números positivos que observamos na margem direita também pode ser sentida no complexo.  No acumulado do ano temos um crescimento de 12% em relação a 2019 no e projetamos um crescimento de 13% para o encerramento do ano”, completa Héder.

A Portonave registrou 47 escalas com movimentação de 852.085 toneladas e 77.146 TEU, crescimento de 7% e 9%, respectivamente, no comparativo ao mesmo período do ano passado em que foram movimentados 797.450 toneladas e 70.969 TEU.

No Teporti foram realizadas três escalas, com movimentação de 7.800 toneladas; na Poly Terminais uma escala com movimentação de 6.004 toneladas; na Barra do Rio e  Braskarne não foram registradas escalas em outubro.

Em outubro a exportação manteve-se com principal sentido das cargas, correspondendo a 63% das cargas em contêineres movimentadas. Os principais produtos exportados foram: frango, carnes e madeiras e derivados, com destaque para as carnes que apresentaram crescimento de 51,8% na movimentação em relação a outubro de 2019.

As importações corresponderam a 37% do sentido das cargas, sendo mecânicos e eletrônicos, produtos químicos e têxteis e diversos os principais produtos importados. Os produtos químicos apresentaram um aumento de 80,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Sharing is caring!

Post Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *