Tank e Reefer

DataLiner: confira os dados de exportação em contêineres tank e refeer

abr, 09, 2020 Postado porSylvia Schandert

Semana202016

Uma das consequências da pandemia causada pelo coronavírus é a escassez de contêineres reefer. Isso porque, desde que a epidemia começou, na China, em dezembro de 2019, e afetou a economia e a operação dos portos do país asiático, houve uma diminuição no número de navios saindo deste paíse, consequentemente, o acúmulo de contêineres reefer, levando a uma carência mundial do produto 

Dados levantados pelo DataLiner mostram que as exportações brasileiras de contêiner reefer caíram de dezembro de 2019 para janeiro e fevereiro de 2020.  

Em dezembro, o Brasil exportou 59.850 TEUs em contêineres reefer. Já em janeiro, foram 48.376 TEUs e fevereiro 47.283 TEUs 

No Plate, em dezembro de 2019 foram exportados 17.090 TEUs. Esse número caiu para 13.818 TEUs em janeiro e 16.791 TEUs em fevereiro.  

O gráfico a seguir demonstra a tendência histórica do movimento reefer do Brasil e do Plate: 

Fonte: DataLiner 

Já em relação ao contêiner tank, também houve uma queda nas exportações no Brasil. Em dezembro de 2019, foram exportados 3.314 TEUs. Em janeiro, esse número caiu para 3.145 TEUs e fevereiro 2.971 TEUs. Já no Plate, em dezembro de 201foram exportados 824 TEUsjaneiro de 2020 720 TEUs e fevereiro 769 TEUs. 

Confira a seguira tendência histórica do movimento  tank do Brasil e do Plate: 

Fonte: DataLiner 

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *