Navegação

CMA CGM e MSC integram-se à plataforma TradeLens

out, 15, 2020 Postado porSylvia Schandert

Semana202043

As companhias de navegação CMA CGM e MSC Mediterranean Shipping Company (MSC) anunciaram que agora estão integradas à plataforma TradeLens. A plataforma digital é executada na IBM Cloud e IBM Blockchain e foi desenvolvida em conjunto pela IBM e AP Moller – Maersk.

A transformação digital promovida pela plataforma durou mais de um ano e exigiu um investimento considerável em novos recursos de API. Um marco no processo foi a relização de um projeto piloto com 15 clientes envolvendo mais de 3.000 remessas exclusivas, 100.000 eventos e 6.000 contêineres para garantir que a plataforma distribua e compartilhe dados de remessas em várias cadeias de suprimentos.

Os membros do TradeLens usam a plataforma para se conectar ao ecossistema e compartilhar as informações necessárias para suas remessas com base nas permissões, sem compartilhar dados confidenciais. O TradeLens permite acesso quase em tempo real aos dados de origem, aumenta a qualidade das informações, fornece uma visão abrangente dos dados conforme a carga se move ao redor do mundo e ajuda a criar um registro de transações mais seguro.

Lançado em 2018, o ecossistema TradeLens agora inclui mais de 175 organizações, abrangendo mais de 10 transportadoras marítimas e abrangendo dados de mais de 600 portos e terminais. Já rastreou 30 milhões de embarques de contêineres, 1,5 bilhão de eventos e aproximadamente 13 milhões de documentos publicados.

Recentemente, houve a adição  de novos portos e terminais, como porto comercial de Vladivostock, DP World, PT Salam Pacific Indonesia Lines (SPIL), Portbase, QTerminals e Hamad Port, SSA Marine’s Manzanillo International Terminal – Panama (MIT -Panama), Shipwaves, South Asia Gateway Terminals e Yilport Holding.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *