Carnes

Argentina negocia acordo com a China para produção e exportação de carne suína

jul, 29, 2020 Postado porSylvia Schandert

Semana202031

De acordo com o subsecretário de Comércio e Promoção de Investimentos da Argentina, o país está se aproximando de um acordo inicial com a China que pode abrir caminho para potenciais investimentos do país asiático na produção local de carne suína para exportação.

O acordo pode eventualmente resultar em criações de porcos na Argentina apoiadas pela China. Vale lembrar que Pequim tenta recuperar sua produção de proteína animal depois que a gripe suína africana dizimou seus rebanhos.

O subsecretário Pablo Sivori disse que um memorando de entendimento pode ser assinado com a China nas próximas semanas. Nós já concordamos com o conteúdo do memorando”, disse Sivori, acrescentando que o Ministério das Relações Exteriores pediu para o governo chinês assinar o documento de forma virtual.

Ele afirmou que o memorando é resultado de um processo iniciado pelo setor privado e envolveria estruturas de investimento na Argentina, além de cooperação em áreas sanitárias, científicas e tecnológicas relacionadas ao setor.

Apesar de a Argentina já ser uma grande exportadora de carne bovina para a China, ela não tem grande expressão no mercado global de suínos. Segundo dados oficiais, em 2019 o país produziu 630 mil toneladas de carne suína, das quais apenas 34 mil toneladas foram exportadas.

O gráfico a seguir traz as exportações argentinas de carne suína mês a mês a partir de 2018:

Fonte do gráfico: DataLiner (Para solicitar um demo do DataLiner clique aqui)

Fonte da reportagem: Reuters

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *