Steel and Aluminium

Salvador Port receives its first-ever steel coils shipment via cabotage

Dec, 27, 2018 Posted by datamarnews

Week 201852

The Port of Salvador has received its first ever cabotage shipment of steel coils, weighing a total of 1,600 tons. The cargo was loaded in the port of São Francisco do Sul and transported via local cabotage services. Up to 40 trucks were employed to take the cargo from the port to its inland destinations. The steel is for use by the local steel and automotive industries .

According to DataLiner, Salvador is one of the top fifteen destinations of steel imported by Brazil (refer to the table below):

Steel Import Ranking

wdt_ID Destination Port Name 2016 (WTMT) 2017 (WTMT) 2018 (WTMT)
Destination Port Name 2016 (WTMT) 2017 (WTMT) 2018 (WTMT)

Supporting Sources:

https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/porto-de-salvador-recebe-pela-primeira-vez-1-6-t-de-bobinas-de-aco

Porto de Salvador recebe pela primeira vez 1,6 t de bobinas de aço

O Porto de Salvador (BA) recebeu pela primeira vez 1,6 toneladas de bobinas de aço. A carga chegou por meio do navio “Vitória Bay”, embarcação da Companhia de Navegação Norsul.

As bobinas de aço foram embarcadas no município de São Francisco do Sul, em Santa Catarina (RS), e têm como destino final atender à indústria geral e automotiva da Bahia.

Por meio de nota o diretor-presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), Rondon Bradão do Vale, que administra o Porto de Salvador, destacou a importância da navegação de cabotagem (navegação entre portos marítimos de um mesmo País).

“A navegação de cabotagem desponta como uma grande alternativa no segmento portuário, aumentando a competitividade e a redução de custo, principalmente para indústria siderúrgica e automotiva”, disse.

Ainda segundo ele, a capital baiana proporciona vantagens para este tipo de operação. “Além da infraestrutura do porto público, há a Via Expressa Baía de Todos-os-Santos que já leva a carga diretamente para o centro de distribuição, criando assim uma cabotagem de logística integrada”.

Sharing is caring!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *